Soldado norte-coreano baleado enquanto atravessava fronteira para Sul

Patrice Gainsbourg
Novembro 14, 2017

O soldado foi encontrado no lado sul da aldeia fronteiriça de Panmunjom, a cerca de 50 metros ao sul da Linha de Demarcação Militar, ferida no ombro e no cotovelo, de acordo com um oficial do Ministério da Defesa da Coréia do Sul.

Soldados da Coréia do Norte atiraram e feriram um ex-colega de exército antes de conseguir fugir para Coréia do Sul através da DMZ, Zona Desmilitarizada da Coréia.

Ele desertou de um posto de guarda norte-coreano nas proximidades e estava sendo tratado no hospital. "Uma vez que era uma área exposta ao norte tivemos de rastejar para o tirar", disse fonte do ministério à Reuters.

A última travessia desse tipo foi em junho. Desde o início do ano até agosto, 780 norte-coreanos fugiram para a Coreia do Sul - um número que representa uma descida de 13% face aos anos anteriores.

Corinthians vence o Avaí e fica ainda mais perto do título
AVAÍ: Douglas; Maicon (Leandro Silva), Alemão, Betão e João Paulo; Judson, Simião e Marquinhos; Luanzinho, Romulo e Júnior Dutra. O Leão visita o Cruzeiro , depois recebe Palmeiras e Atlético-PR e encerra contra o Santos, na Vila Belmiro.

Segundo a BBC, o soldado acabou por ser levado para o hospital.

Panmunjom, localizada dentro da DMZ- Zona Desmilitarizada de 4Km de largura que separa as duas Coreias, é onde um armistício foi assinado para pausar a Guerra Coreana de 1950-1953, com a Coreia do Norte e a China em um lado e o Comando das Nações Unidas liderado por americanos no outro.

A Coreia do Norte tem vindo a impulsionar a sua capacidade nuclear e de mísseis com uma série de testes, pois enfrenta o presidente dos EUA, Donald Trump, que prometeu impedir que ele possa atingir os Estados Unidos com armas nucleares.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL