Argentina abre 2 a 0, mas leva virada impressionante da Nigéria

Patrice Gainsbourg
Novembro 15, 2017

"Eu quero voltar!", escreveu na sua conta oficial da rede social Instagram, numa publicação que acompanhou com um quadro comparativo com os resultados entre diferentes técnicos da seleção argentina.

Assim, sob a anuência do técnico Jorge Sampaoli, a Associação de Futebol Argentina (AFA) confirmou que o craque retorna a Barcelona para a rotina de treinamentos na Cidade Esportiva Joan Gamper. Desta vez, porém, Messi foi poupado e não pôde salvar a seleção, como fez diante do Equador, quando marcou três gols e garantiu a suada classificação do país ao Mundial russo.

Zverev bate Cilic no segundo jogo das finais ATP
Com duas derrotas, o croata vive a situação mais complicada no grupo liderado pelo suíço, que ainda não perdeu sets . O croata começou melhor, mas o americano correu atrás do placar e marcou dois pontos impressionantes em sequência.

Sem Lionel Messi, a Argentina abriu o placar aos 27 minutos com uma cobrança de falta de Ever Banega, em falha do goleiro Daniel Akpeyi. O que chamou atenção, porém, foi um episódio no vestiário envolvendo o atacante Kun Agüero, autor do segundo gol da partida. O primeiro golo da Nigéria (com Chidozie a titular) teve lugar no final da primeira parte, aos 44 minutos, por Iheanacho.

Desestabilizada, a Argentina sofreria a virada já aos oito minutos.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL