Dos 13 milhões de desempregados no Brasil, 64% são negros — IBGE

Judith Bessette
Novembro 17, 2017

No primeiro trimestre, eram 26,5 milhões de pessoas nessas condições. O IBGE apresentou nesta sexta-feira os resultados regionais do terceiro trimestre, com o desempenho em cada unidade da federação. A taxa de subutilização, segundo os parâmetros do IBGE, agrega a população desocupada, os subocupados por insuficiência de horas e os que fazem parte da força de trabalho potencial. Isso significa que 23,9% dos trabalhadores ou não tinham emprego, ou trabalhavam menos horas do que gostariam ou ainda que não procuravam trabalho, embora pudessem trabalhar.

Essa quantidade de trabalhadores cresceu tanto em relação ao trimestre anterior (26,3 milhões) como frente ao terceiro trimestre de 2016 (22,9 milhões). Mesmo sendo a maioria na força de trabalho, a proporção de pretos e pardos ocupados foi menos que a da população branca no terceiro trimestre, 21,3% e 56,5% respectivamente. Já as menores foram observadas em Santa Catarina, com 10,9%, Mato Grosso, com 14,8% e Rondônia, com 15,5%.

No 3º trimestre de 2017, os pardos eram maioria na população fora da força (48%), seguidos pelos brancos (43,2%) e pelos pretos (7,9%). No terceiro trimestre de 2014, o índice era de 2,9%.

Crise no mercado de trabalho já mostra sinais de recuperação aponta IBGE
Crise no mercado de trabalho já mostra sinais de recuperação aponta IBGE

O contraste racional no mercado de trabalho se reflete também ao salário. No Rio de Janeiro, 14,5% da força de trabalho estava desempregada no terceiro trimestre do ano. Na comparação anual, a taxa ficou estável nas regiões Sul (7,9%) e Centro-Oeste (9,7%). Apesar de ainda ser a menor taxa do país, está muito distante dos níveis pré-crise. Já o Sudeste tem a menor diferença na taxa de ocupação entre gêneros (18 pontos percentuais). As regiões Nordeste (35,7%) e Norte (34,7%) tinham maior percentual de pessoas com menor nível de instrução (sem concluir o ensino fundamental). O IBGE destaca, em seu levantamento, que esta configuração não se alterou significativamente ao longo de toda a série histórica disponível.

"É possível verificar que pessoas pretas e pardas estão sempre em desvantagem no mercado de trabalho".

Já entre os trabalhadores autónomos, os não brancos representam 55,1% do total.

Anitta se casa com o namorado, Thiago Magalhães, afirma colunista
Segundo a publicação, a funkeira assinou uma união estável com Thiago Magalhães em um cartório na Barra da Tijuca. Anitta e Thiago estão juntos desde maio, mas a cantora evita publicar fotos com ele nas redes sociais.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL