Garotinho diz ter sido agredido na cadeia e presta queixa

Patrice Gainsbourg
Novembro 24, 2017

"É um corredor intermediário, e o seguinte seria o corredor dos presos da Lava Jato", disse Carlos Azeredo. Foi Garotinho quem divulgou a foto da "Farra dos Guardanapos" em que Côrtes aparece. Além disso, o advogado contou que o ex-governador foi ameaçado.

Garotinho e sua esposa, a também ex-governadora Rosinha Garotinho, estão presos por corrupção e crimes eleitorais, mas negam ter cometido irregularidades. Por isso, ele não deveria ficar no presídio em Benfica, e sim em uma cadeia comum. Depois de preso e de passar algumas horas no Quartel do Corpo de Bombeiros no Humaitá, na zona sul, Garotinho foi levado para o mesmo cárcere onde estão Cabral, Picciani e Melo. Os advogados da ex-governadora também entraram com pedido de liberdade no TRE. A defesa vai solicitar a transferência de Anthony para outra unidade prisional, já que ele tem curso superior completo. JBS e Ocean Link firmaram um contrato de fachada em 2014, com o objetivo de repassar, via caixa dois, R$ 2,6 milhões para a campanha de Garotinho ao governo do estado.

Clarissa Garotinho vista a mãe na prisão em Benfica
Reprodução GloboNews

A investigação aponta ainda que o grupo tinha um "braço armado": o policial civil aposentado Antônio Carlos Ribeiro da Silva, conhecido como Toninho. O documento, assinado pela promotora Márcia Vieira Piatigorsky, afirma que permanecer em Benfica pode representar riscos à integridade física de Garotinho. O presidente licenciado da Alerj, Jorge Picciani, divide cela com o filho, Felipe, o deputado Edson Albertassi e o ex-presidente dos Transportes Rodoviários Rogério Onofre. Na última quinta-feira, o advogado de garotinho disse temer pela integridade física do político.

Em um vídeo publicado em suas redes sociais nesta quarta-feira, Clarissa afirmou que o ex-governador foi informado por um agente do presídio de que corria risco de vida. Os agentes da Secretaria de Administração Penitenciária, porém, afirmam que Garotinho teria se auto lesionado.

"Se o baixinho não jogar..." — Jorge Jesus
Jorge Jesus salientou a importância deste triunfo, falando ainda sobre a deslocação a Barcelona. "Havia dois objetivos. O Sporting, recorde-se, ainda sonha com os oitavos-de-final, tendo para isso obrigatoriamente de vencer este jogo.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL