Asteroide deverá passar próximo à Terra até o Natal

Eloi Lecerf
Novembro 28, 2017

Pouco antes do Natal, no dia 16 de dezembro, um asteroide de 5 km de extensão deve passar bem "perto" da Terra. A NASA destaca que não há motivo para pânico. Chamado de 3200 Phaethon, a rocha espacial deve cruzar a cerca de 10 milhões de quilômetros do nosso planeta no dia 16 de dezembro. A agência espacial enfatiza que a distância é próxima em termos espaciais, mas é improvável que a passagem causa algum dano ao planeta. Isto representa 26 vezes a distância entre o nosso planeta e a Lua.

Os cientistas americanos acreditam que Phaethon seja o responsável por proporcionar a chuva de meteoros conhecida como Geminíadas (surge perto da constelação de gêmeos), que ocorre, todos os anos, entre os dias 13 e 14 de dezembro.

Apesar de a órbita do Phaeton ser muito semelhante à dos meteoros das Geminíadas, as chuvas de meteoros são provocadas, geralmente, por cometas - o que não é o caso de Phaeton.

Otimismo moderado: a análise da OCDE à economia portuguesa
Apesar da melhoria, a OCDE esclarece que ainda não foram alcançados os níveis de renda per capita registrados antes da explosão da crise, em 2008.

A passagem do asteróide vai permitir observações precisas a partir dos observatórios de Arecibo, em Porto Rico, e Goldstone, na Califórnia.

A aparição deste ano será a mais próxima da Terra desde a descoberta do Phaeton, diz a NASA. "As imagens serão excelentes para obter um modelo 3D detalhado" do objeto espacial, disse a agência espacial em comunicado.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL