Star Wars: Os Últimos Jedi | Diretor explica a origem dos porgs

Rebecca Barbier
Dezembro 1, 2017

Star Wars: Os Últimos Jedi estreia em Portugal a 14 de dezembro. O filme, entretanto, não terá esse tom segundo o próprio diretor, Rian Johnson.

"Espero que isso faça com que as pessoas se surpreendam com o filme", diz Johnson.

"Acho que, e talvez seja uma resposta muito genérica, mas sabes - humanidade. Mas, para mim, ambos parecem socialmente ativos, e muito do que me lembro de discutir com JJ [Abrams] e Rian [Johnson] era a ideia do terrorismo, e dos dois lados terem uma justificação moral para se comportarem como quisessem, para obter o que achavam que era absolutamente correto". Os trailers foram um pouco sombrios e o filme tem isso, mas também fiz um esforço consciente para que ele seja como uma revolta interna. "Eu quero que ele tenha todas as coisas que eu associei a Star Wars, que ele não é só Wagner (compositor alemão de óperas), ele é também Flash Gordon ".

Star Wars: Os Últimos Jedi | Diretor explica a origem dos porgs

Ao mesmo tempo, Leia, Poe (Oscar Isaac) e Finn (John Boyega) lutam para defender a galáxia dos perigosos avanços e planos de Kylo Ren (Adam Driver), Snoke (Andy Serkis) e seu Primeiro Império.

Os Últimos Jedi' está cada vez mais perto de nós e para aumentar ainda mais as expectativas, a revista britânica Empire divulgou quatro novas capas da sua próxima edição, trazendo Rey (Daisy Ridley) e Kylo Ren (Adam Driver).

Após fuga, Clara encontrará com Duda em O Outro Lado do Paraíso!
Quando a jovem sai do banho, Duda retoma a conversa: "Sempre tocam essa sirene quando um louco foge do hospício. Após ficar 10 anos presa em um hospício a mocinha vai tentar recuperar a vida que perdeu e punir seus inimigos.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL