Três chefes de torcidas organizadas do Fluminense são presos no RJ

Patrice Gainsbourg
Dezembro 2, 2017

Apesar da punição, líderes dessas torcidas seguiam recebendo ingressos, que eram repassados para venda de cambistas.

Por volta das 6h, ainda foram presos Manuel de Oliveira Menezes, presidente da Young Flu, Luiz Carlos Torres Júnior, vice-presidente da Young Flu, e Ricardo Alexandre Alves, presidente da Força Flu. O quarto procurado é Carlos Roberto de Almeida, da torcida Fiel Tricolor, que está foragido.

Policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) e o Ministério Público realizam, na manhã desta sexta-feira, uma megaoperação contra dirigentes de clubes de futebol do Rio e chefes de torcidas organizadas.

Alesson Galvão de Souza, presidente da Raça Fla, e Felipe Ferraz de Souza, o Fil, presidente interino da Fúria Jovem do Botafogo, também foram levados para prestar depoimento.

Reunión entre México y gobierno opositor de Venezuela
La jornada continuó el 14 del mismo mes, y desde entonces el Gobierno dominicano ha mantenido una intensa labor a favor del diálogo .

O objetivo da operação, batizada de Limpidus, é cumprir 4 mandados de prisão, 8 de condução coercitiva e 13 de busca e apreensão, expedidos pelo juiz Guilherme Schilling, do Juizado Especial do Torcedor e dos Grandes Eventos (JETGE).

As autoridades investigam a relação dos quatro clubes (Vasco, Flamengo, Fluminense e Botafogo) com torcidas organizadas, incluindo, as banidas dos estádios pela Justiça. A casa dele foi alvo de busca e apreensão. O mandatário estava acompanhado dos advogados do clube e, à imprensa no local, disse que não se manifestaria naquele momento.

Após prisão de membros de organizadas, o presidente do Fluminense, Pedro Abad, e o vice-presidente de futebol do Vasco, Eurico Miranda, são esperados na Cidade da Polícia, Zona Norte da cidade, para prestar esclarecimentos.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL