Venezuela anuncia criação de nova moeda digital, o Petro

Judith Bessette
Dezembro 4, 2017

O Presidente venezuelano Nicolás Maduro anunciou este domingo a criação de uma moeda digital, com a qual pretende contornar o "bloqueio" dos Estados Unidos, que determinaram sanções económicas ao país. "E será feito com a criptomoeda emitida com base nas ricas reservas da Venezuela em ouro, petróleo, gás e diamantes", afirmou.

Segundo o presidente venezuelano, a proposta para a criação da criptomoeda partiu do ministro da Educação Universitária, Ciência e Tecnologia, Hugbel Roa, que deve assumir a tarefa de disponibilizar a Petro. "Isto vai permitir que avancemos para novas formas de financiamento internacional para o desenvolvimento econômico e social do país", disse em seu programa, transmitido por uma emissora estatal.

"A Venezuela vai implementar o novo sistema da criptomoeda a partir das reservas de petróleo, vamos criar a criptomoeda, a petromoeda, a petro, para avançar para a soberania monetária, para fazer transações financeiras, para superar o bloqueio financeiro".

Governo de Honduras decreta estado de exceção para conter violência
A corte eleitoral irá contar a mão cerca de 1.031 urnas, ou cerca de 6% do total, que possuíam irregularidades, disse Matamoros. O opositor Nasralla tinha 41,42% dos votos.

O anúncio chega em um momento em que a Venezuela enfrenta sérios problemas de financiamento, depois de que um grupo de detentores de bônus e agências de classificação de risco declarou o país em default parcial, junto com sua petroleira PDVSA, devido ao atraso em pagamentos de capital e juros de títulos da dívida.

"Nicolás Maduro está a ser um palhaço". Então, o advogado Angel Alvarado disse à Reuters que "só que Maduro organiza clowning".

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL