Produção de móveis dispara em outubro

Judith Bessette
Dezembro 6, 2017

Segundo a mesma fonte, a produção de veículos automotores, autopeças, reboques e carrocerias foram os segmentos que mais contribuíram para este crescimento.

Na série com ajuste sazonal, o desempenho do índice de média móvel trimestral para o total da indústria teve variação negativa de 0,1% no trimestre encerrado em outubro deste ano, frente ao nível do mês anterior. Na série sem ajuste sazonal e em comparação ao mesmo período do ano passado, a indústria cresceu 5,3% - taxa mais elevada desde os 9,8% de abril de 2013. Em agosto a alta foi de 11,9%, em setembro mais 9,6% e no mês de outubro 17,8% - a maior alta registrada nesta base de comparação (mês sobre o mesmo mês do ano anterior) desde 2006. Foi o segundo resultado positivo consecutivo para o acumulado dos últimos doze meses e o mais elevado desde os 2,1% de março de 2014.

No confronto com setembro, houve alta em 15 dos 24 ramos pesquisados. Entre os setores, as principais influências positivas foram produtos farmoquímicos e farmacêuticos (20,3%) e bebidas (4,8%), com ambos revertendo os resultados negativos registrados no mês anterior: -19,7% e -0,7%, respectivamente.

Entre os nove ramos que reduziram a produção no mês, os produtos alimentícios (-5,7%) foram os que mais impactaram negativamente a alta da indústria.

- De setembro para outubro um volume maior de chuvas atrapalhou a colheita da cana e houve uma destinação maior de cana para a produção de álcool, em detrimento ao açúcar, puxando para baixo o resultado do setor de alimentos - explicou Macedo. Em outubro 61,9% dos 805 produtos pesquisados tinham taxas positivas.

'Ilha de Cachorros', de Wes Anderson, abre Festival de Berlim
" Ilha de cachorros ", o novo filme de animação de Wes Anderson , vai abrir o Festival de Berlim de 2018, no dia 15 de fevereiro .

No geral, a melhora da indústria está mais disseminada.

O comportamento da indústria em outubro é o primeiro indicador de atividade econômica do quarto trimestre a ser divulgado e é um importante sinal sobre como deve ser o resultado do PIB nos últimos meses do ano. Analistas avaliaram o número como positivo, porque o crescimento foi generalizado e com alta nos investimentos.

Em relação ao acumulado do ano, a alta foi de 1,9%.

Para a indústria, a expectativa do mercado é de crescimento da produção, após dois anos seguidos de retração. Para 2018, a expectativa é de crescimento de 2,9%.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL