CNH ganhará chip e 'cara' de cartão de crédito até 2019

Judith Bessette
Dezembro 7, 2017

Todos os órgãos de trânsito dos Estados e do Distrito Federal deverão se adequar para poderem adotar o novo modelo da CNH estabelecido pela nova Resolução do Contran, a ser publicada ainda nesta semana. Nao existem informações precisas sobre possíveis mudanças no valor para renovar ou até mesmo tirar a carteira de motorista.

O governo lançará um novo modelo de Carteira Nacional de Habilitação (CNH), que deverá entrar em vigor em 2019.

De acordo com o Ministro das Cidades, Alexandre Baldy, a medida tem como objetivo reduzir a probabilidade de ocorrência de fraudes e aumentar a durabilidade do documento, além de poder ser integrado a outros países.

O processo de mudança em cada Detran será gradativo, começará já no início de 2018 e terá prazo de um ano para ser finalizado.

Congresso Nacional tem avaliação negativa recorde
Para 60% dos entrevistados, o desempenho do Congresso é ruim ou péssimo. Na época, 56% rejeitavam o trabalho dos parlamentares.

Importante ressaltar que os proprietários de CNH em papel não terão que fazer a substituição imediata pelo documento plástico. A transição será automática no momento da renovação. O modelo de cartão "inteligente" parece com um cartão de crédito/débito convencional, que possuirá em sua formação, um chip e até mesmo gravação a laser dos dados do motorista.

Entre as alternativas para uso do novo documento estão o pagamento de pedágio e transporte público, o controle de acesso a prédios e universidades e a identificação biométrica que poderá usar as digitais contidas no chip para validação de identidade em bancos e serviços públicos, por exemplo.

De acordo com o Denatran, órgão responsável pelo controle do acesso aos dados gravados no chip, não há riscos de leitura de dados do condutor.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL