Preço da cesta básica em Fortaleza cai 1% em novembro

Oceane Deschanel
Dezembro 7, 2017

Quatro produtos da cesta básica em Manaus apresentaram alta em novembro na comparação com outubro.

Com as quedas dos preços do tomate e da batata (9,33% e 5,47%, respectivamente), a cesta básica da capital Vitória alcançou o menor preço do ano no mês de novembro: o pacote com 13 produtos custou R$387,93, segundo a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Entre janeiro e novembro de 2017, o custo da cesta também diminuiu em todas as capitais, com destaque para as taxas de Belém (-12,65%), Manaus (-12,51%), Cuiabá (-11,88%), e Brasília (-11,86%).

Em relação ao mês anterior, a redução foi de 1,47%.

VÍDEO: Técnico do Independiente elogia Fla antes da final da Sul-Americana
A aposta dos donos da casa para conseguir um resultado positivo neste duelo está no jovem Ezequiel Barco , de apenas 18 anos. O Independiente chegou à final da Copa Sul-Americana contra o Flamengo e terá um grande aliado a seu favor para a decisão.

A carne bovina (4,5 kg) custou R$ 90,23, em outubro foi de R$ 89,10; o leite (6 litros) em novembro ficou em R$ 20,04, em outubro esteve R$ 19,74; a farinha de mandioca (3 kg) custou R$ 13,29, em outubro esteve em R$ 13,08; e o pão francês (6 kg), no mês de novembro ficou em R$ 47,70, no mês de outubro esteve em R$ 47,46.

Segundo o Departamento, percebe-se que a deflação no preço da cesta básica foi influenciada pela queda em quase todos os produtos da cesta, dos quais destaca-se: a banana (-3,09%), o tomate (-2,83%), o feijão (-2,81%), o café (-1,44%), a carne (-1,27%), o açúcar (-0,85%), o óleo (-0,80%), a farinha (-0,63%) e o arroz (-0,36%).

Em 12 meses, o valor da cesta apresentou redução em todas as cidades pesquisadas. O arroz foi o único produto que não apresentou variação. No mês anterior o conjunto de itens alimentícios essenciais custava R$ 349,19. Em novembro de 2016, o salário mínimo necessário foi de R$ 3.940,41 ou 4,48 vezes o piso em vigor, que equivalia a R$ 880,00.

Em novembro de 2017, o tempo de trabalho necessário para adquirir os produtos da cesta básica em Manaus foi de 81 horas 10 minutos, ligeiramente inferior a jornada calculada para outubro de 2017, de 81 horas 59 minutos.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL