Piauí tem a 7ª menor taxa de ocupação de presídios no país

Patrice Gainsbourg
Dezembro 9, 2017

O levantamento mostra que 40% das pessoas encarceradas estão presas provisoriamente - duas a cada cinco. Mais da metade dessa população é de jovens de 18 a 29 anos e 64% são negros.

A Paraíba apresenta um déficit de 6.136 vagas no sistema penitenciário. "Temos dois presos para cada vaga no sistema prisional", disse o diretor-geral do Depen, Jefferson de Almeida.

Barbosa afirma que o governo estadual tem feito esforço para resolver a questão da falta de vagas e que no ano que vem, com a entrega de novos presídios e reformas de unidades prisionais no interior e na Capital, haverá o desafogamento do sistema carcerário.

O Ministério da Justiça divulgou, nesta sexta-feira (8), o relatório sobre a situação prisional no país.

Assim, a capacidade de lotação do sistema prisional do Estado aumentou de 2.108, antes de 2015, para 2.571 vagas, em novembro de 2017 (mês de inauguração da Penitenciária de Campo Maior, unidade com 160 vagas). Já a maior taxa de ocupação é registrada no Amazonas: 484%. Só nos últimos dois anos, o sistema carcerário recebeu mais de 100 mil pessoas. A taxa de presos para cada cem mil habitantes, subiu para 352,6 indivíduos em junho de 2016.

A taxa de aprisionamento da Paraíba é de 284,5 pessoas presas para cada grupo de 100 mil habitantes no estado. No caso das mulheres, que formam 5% da população carcerária, os principais delitos são relacionados a drogas. Somados, roubos e furtos chegam a 37%.

Bruselas recomienda pasar a la segunda fase de la negociación del "brexit"
El acuerdo debéra ser validado por todos los estados miembros en la cumbre de la próxima semana. Theresa May ha pedido un periodo de transición para que el " brexit " sea menos abrupto.

O Infopen indica que 4.804 pessoas estão presas por violência doméstica, e outras 1.556 por sequestro e cárcere privado.

Nesse contexto, uma onda de rebeliões e atrozes ajustes de contas entre presos de facções rivais deixou em janeiro 140 mortos em prisões no norte e nordeste do país.

Perfil dos presos Do universo total de presos no Brasil, 55% têm entre 18 e 29 anos.

O levantamento mostra que Alagoas ocupa o 21º lugar quando se fala de população prisional. O maior percentual de negros entre a população presa é verificado no Acre (95%), Amapá (91%) e Bahia (89%). A baixa escolaridade também reina nas cadeias do País: três em cada quatro presidiários não chegou a concluir o ensino médio, e menos de 1% dos presos possui formação no ensino superior.

O levantamento também apontou que 39% dos presos têm entre 18 e 24 anos de idade.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL