Apple compra aplicativo Shazam

Judith Bessette
Dezembro 11, 2017

A Apple confirmou um rumor que surgiu na semana passada: a empresa de fato adquiriu o Shazam, conhecido aplicativo de identificação de músicas, programas de TV, filmes e comerciais.

"Estamos empolgados com o Shazam e a sua equipe talentosa se juntarem à Apple", diz o comunicado.

Apesar disso, o Shazam também possui recursos de usar a câmera do aparelho para identificar objetos.

Na manhã desta segunda (11), fontes próximas à Apple revelaram que a empresa estaria quase batendo o martelo na compra do Shazam, o serviço que descobre que música está tocando por você. Desde o lançamento da App Store, o Shazam constantemente fica como um dos aplicativos mais populares no rank do iOS. O Apple Music e o Shazam são uma combinação natural, compartilhando uma paixão pela descoberta de música e pela entrega de ótimas experiências musicais para os nossos usuários.

Israelenses derrubam míssil lançado em Gaza; conflito já soma 4 mortos
Israel, que proclama que Jerusalém é sua capital eterna e indivisível, agradeceu o anúncio de Trump. Na parte oriental de Jerusalém, a polícia dispersou uma manifestação perto da Cidade Velha.

Ao que tudo indica, o serviço de reconhecimento de músicas será integrado ao streaming da Apple, deixando de existir como um app próprio. "Temos excitantes planos em mente e prendemos colocá-los em prática assim que o acordo de hoje for aprovado".

Hoje, o Shazam acumula 1 bilhão de downloads, funcionando em smartphones, smartwatches e até mesmo em computadores.

O Shazam também está disponível em dispositivos com sistema operacional Android, mas a Apple não disse se manterá a versão Android disponível.

A compra do aplicativo é uma estratégia da Apple para posicionar-se contra o Spotify, que hoje lidera o serviço de streaming e está próximo de abrir capital, e também de fortalecer a unidade de negócios de música da empresa.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL