Trump lança programa para levar homem a Lua e Marte

Rebecca Barbier
Dezembro 12, 2017

Trump afirmou que, desta vez, o país está a "sonhar em grande" e que esta diretriz irá reorientar o programa espacial dos Estados Unidos no que diz respeito à exploração e descoberta humana.

Segundo Gidley, Trump vai ordenar que a agência espacial americana, Nasa, lidere "um inovador programa de exploração espacial para enviar astronautas americanos para a Lua e, finalmente, Marte".

O desejo de Donald Trump de regressar à Lua já era conhecido do público desde a campanha presidencial. Em 5 de outubro último, na primeira reunião do novo conselho, seu presidente e vice de Trump, Mike Pence, antecipou que os EUA retornariam à Lua. - Vamos ver empregos sendo criados que nem sequer imaginaríamos que poderiam ser criados hoje.

"A NASA tem a expectativa de apoiar a diretiva do presidente, estrategicamente alinhando nosso trabalho para retornar a enviar homens para a Lua, viajar para Marte e explorar o sistema solar", disse Robert Lightfoot, administrador interno da NASA. E não é por menos, já que o foguete será o maior construído desde os gigantescos Saturn V que levaram os astronautas americanos justamente até a Lua entre o fim da década de 1960 e início dos anos 1970.

Namorado comenta diferença de idade com Fátima Bernardes
A apresentadora Fátima Bernardes está feliz da vida com o seu novo relacionamento. Túlio revelou, que o final de ano juntos está garantido.

O objetivo das novas missões à Lua incluiriam "a exploração a longo prazo" de sua superfície. "Vamos estabelecer uma fundação para uma eventual missão a Marte e talvez, algum dia, para muitos mundos além".

O Presidente não aprofundou nem o financiamento nem o calendário de tal empreitada.

Para isso, Trump teria que contar com o apoio em peso da comunidade científica americana, que, pelo menos neste primeiro momento, está dividida e cética quanto aos planos e intenções do presidente.

A própria agência espacial norte-americana tinha estabelecido um plano de exploração do "planeta vermelho" com o objectivo de realizar uma missão tripulada por humanos a partir de 2030.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL