Jogadores do Grêmio acompanham classificação do Real Madrid no hotel

Vincent De Villiers
Dezembro 14, 2017

Nos primeiros 20 minutos de jogo, só deu o time bicampeão da Liga dos Campeões da Europa. Claro que o time espanhol é muito superior ao representante da Nova Zelândia e à equipe japonesa, mas, mesmo assim, não está livre de ser surpreendido pelo representante árabe que agora defende uma invencibilidade de 11 jogos.

A final do torneio será no sábado (16), às 15h, contra o Grêmio.

Gols: Romarinho, aos 40 minutos do primeiro tempo. O goleiro Al Khaseif fechou o gol - em alguns lances, contou com a sorte que acompanha os goleiros em certos momentos.

Navas; Achraf, Nacho Fernández, Varane e Marcelo; Casemiro, Kovacic (Lucas Vázquez), Modric e Isco (Asensio); Cristiano Ronaldo e Benzema (Bale). E segurou o empate até o finalzinho da etapa inicial. Até entrar em cena o segundo personagem do Al Jazira. Esse, com sotaque brasileiro. Em ambos os encontros, o triunfo foi assegurado pela margem mínima, 1-0.

Congresso derruba veto presidencial que permitia autofinanciamento irrestrito de campanha

Mas no segundo tempo, deu tudo errado para os anfitriões. Começando pelo segundo gol, anotado por Bousoufa logo no comecinho, mas anulado de forma correta pelo árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci, com o auxílio de árbitro de vídeo - o jogador do Al Jazira estava impedido.

Al-Jazira: Ali Khaseif (Al Senani), Fayez, Ali Ayed, Alhammadi (Eissa Mohamed), Fares Juma e Salim Rashid Obaid; Al Hosani (Ahmed Rabia), Al Attas e Boussoufa; Romarinho e Ali Mabkhout. Ele não aguentou uma lesão na coxa direita. Os sustos só acordaram o Real a partir dos 8 minutos, quando Cristiano Ronaldo empatou.

Na sequência do jogo o panorama seguiu o mesmo. Com mais sorte do que juízo a equipe conseguiu superar os dois times menos qualificados do grupo - mas não menos qualificados que o próprio Al Jazira - e chega agora para disputar a semifinal contra o favorito Real Madrid.

Mas a sorte do time dos Emirados Árabes acabou aos 38 minutos. Seis minutos depois, Casemiro dividiu por cima e a zaga do Al Jazira marcou contra.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL