Juiz permite que ex-governador do Amazonas cumpra prisão domiciliar

Patrice Gainsbourg
Dezembro 28, 2017

Nesta terça-feira (26), o magistrado converteu a prisão temporária do ex-governador em domiciliar. As informações foram confirmadas pela Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) e pela defesa do ex-governador.

Acusado de integrar um suposto esquema que desviou R$ 50 milhões da área da saúde, Melo foi solto junto com os ex-secretários estaduais Afonso Lobo (Fazenda) e Wilson Alecrim (Saúde).

O prazo começa a contar a partir desta quarta-feira (27).

Enquanto as restrições voltadas para liberdade do ex-governador, o defensor destaca que o passaporte de Melo está em poder da Justiça Federal do Amazonas e que o cliente não pode se descolar da cidade sem aviso prévio ao colegiado, com acesso livre apenas em Manaus e ao município de Rio Preto da Eva (a 63 km de Manaus ), onde, segundo ele, também é local de uma residência do investigado.

Obama alerta sobre redes sociais em entrevista ao príncipe Harry
Sobre a passagem de testemunho a Trump, Obama revela que tem "sentimentos contraditórios" devido a todo o trabalho que ficou por fazer.

A participação de Melo no esquema foi identificada por meio de conversas telefônicas interceptadas entre o irmão do ex-governador e Mouhamad Moustafa.

A apuração indica que "Velhinho" possui um imóvel avaliado em R$ 7 milhões. A atuação do grupo foi descoberta pela Operação Maus Caminhos.

A investigação abrange os crimes praticados pelos membros da organização criminosa alvo da primeira fase que corromperam diversos agentes públicos do estado do Amazonas por meio do pagamento de propina, utilizando recursos públicos desviados do Fundo Estadual de Saúde com o fim de obter o direcionamento de contratos, acelerar a liberação de pagamentos e acobertar os ilícitos praticados. A gestão dessas unidades de saúde era feita pelo Instituto Novos Caminhos (INC), instituição qualificada como organização social. José Melo já tinha o mandato cassado por compra de votos na eleição de 2014.

O caseiro do sítio de José Melo também foi preso por porte ilegal de arma de fogo, segundo o delegado da PF Alexandre Teixeira.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL