PIB deverá ficar em 2,70% neste ano, aponta FOCUS

Judith Bessette
Janeiro 2, 2018

O crescimento da economia brasileira no ano de 2017 só será conhecido em 1º de março, com a divulgação das Contas Nacionais Trimestrais pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), responsável pelos cálculos.

Para a expansão do PIB de 2017, os economistas dos bancos elevaram sua estimativa de 0,98% para 1%.

A expectativa em relação à taxa básica de juros, a Selic, já foi concretizada.

Para 2018, a melhora foi de 0,02 ponto percentual, a 2,70 por cento. O IPCA projetado em 2018 foi verificado em 3,96% nas últimas duas semanas. Desse modo, a inflação pode ficar entre 3% e 6% sem que a meta seja formalmente descumprida.

Em visita à terra natal, CR7 enfileira troféus — Craque ostentação
CR7 reuniu os troféus mais importantes junto de um miradouro e fez um balanço da carreira como o jogador com mais prémios individuais da história.

Com a fraqueza da inflação e as sinalizações do BC de que deve continuar reduzindo a taxa básica de juros no início deste ano, a expectativa é de que a Selic termine 2018 a 6,75%, após fechar o ano passado na mínima histórica de 7%.

Os economistas consultados pelo BC esperam que o dólar encerre o ano a R$ 3,30.

A projeção do boletim Focus para o resultado da balança comercial (resultado do total de exportações menos as importações), em 2017, permaneceu inalterada em US$ 66 bilhões de resultado positivo. Para 2018, a previsão do saldo é de US$ 52,5 bilhões. No fim de 2018, a taxa de câmbio esperada é de R$ 3,34. Para 2018, a estimativa dos analistas ficou estável também em US$ 80 bilhões.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL