IPhones, iPads e Mac afetados pelas falhas nos chips — Apple confirma

Eloi Lecerf
Janeiro 5, 2018

A multinacional norte-americana disse que irá lançar um patch para o navegador Safari nos próximos dias para resolver o problema.

No início da semana, os processadores da Intel sofreram também uma falha, que pode tornar os computadores mais lentos. Na quarta-feira, dois bugs foram revelados - o Meltdown e o Spectre, duas das maiores falhas de segurança informáticas, que permitem que piratas informáticos acedam a informação nos computadores, como palavras-passe.

Chamadas de Spectre e Meltdown, as vulnerabilidades estão presentes em boa parte dos chips embarcados em computadores e aparelhos móveis.

Este reguetón fue la canción favorita de Barack Obama en 2017
Esta no es la primera vez que Obama incluye música hecha por artistas colombianos en sus listados favoritos. Obama indicó que la canción se encontraba entre las que más disfrutó y que más lo hicieron "mover".

Os responsáveis pelos navegadores da Google, da Microsoft e do Mozilla Firefox confirmaram à agência de notícias "Reuters" que as atualizações que eles atualmente possuem não protegem os usuários do sistema operacional iOS.

- Algo tão grave recebe a atenção de todos os funcionários e executivos em uma empresa, e quando eles perguntam às pessoas de TI e segurança sobre isso e a segurança não tem resposta para iPhones e iPads, ele simplesmente não oferece muita confiança - disse Johnson. Com o Safari e praticamente todos os outros navegadores populares não corrigidos, centenas de milhões de usuários de iPhone e iPad podem não ter meios seguros de navegar na web até que a Apple emita sua atualização. Procurada, A Apple informou que não havia casos conhecidos de hackers se aproveitando da falha até o momento. As mais recentes actualizações do sistema operativo (o iOS 11.2, macOS 10.13.2 e tvOS 11.2) já incorporam algumas medidas de protecção, e que mais medidas serão incorporadas na próxima versão. Refere ainda que, a Meltdown não afeta o Apple Watch.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL