Anvisa proíbe venda de lotes de marca de queijo contaminados por bactéria

Oceane Deschanel
Janeiro 6, 2018

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a venda de um lote do leite condensado da marca Fazendeira, fabricado pela empresa de alimentos à base de leite Baduy e Cia Ltda., de Ituiutaba (MG). Estafilococo é um tipo de bactéria relativamente comum, mas que pode provocar dor de barriga e vômitos. Na ocasião, a Baduy afirmou ter recolhido todo o lote interditado pela Anvisa. A Baduy informa, ainda, que todos os outros produtos continuam sendo comercializados normalmente, inclusive em supermercados de todo o Brasil. A Anvisa, em resolução publicada no Diário Oficial da União, afirma que "a empresa precisa remover o estoque existente no mercado". O recomendável é que este produto não seja consumido para evitar prejuízos à saúde, especialmente em pessoas mais vulneráveis como crianças, idosos ou pessoas que já estão doentes.

A Anvisa recomenda que no caso do consumidor sentir que foi lesado e desejar ser ressarcido, poderá procurar um órgão de defesa do consumidor como o Procon de sua cidade. A qualidade e a uniformidade dos nossos produtos seguem rigorosamente os requisitos regulamentares pelo MAPA/DIPOA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento / Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal).

Instagram testa compartilhamento de Stories pelo WhatsApp
O TechCrunch está a avançar com a notícia que será possível partilhar estas publicações efémeras no WhatsApp enquanto Status . Obrigada Deus, menos trabalho agora! Em outras palavras, a republicação é um tanto trabalhosa.

Para garantir e certificar a qualidade de nosso produto, imediatamente solicitamos a realização de laudo técnico Certificado pelo Laboratório IBERPHARM No. 140213-74 para pesquisa de microrganismos patogênicos, incluindo Contagem de Estafilococos Coagulase Positiva, NO MESMO LOTE DE PRODUTOS questionado.

De acordo com o diretor industrial da Friolack, Cristiano Giacomini, novos testes foram realizados nos laboratórios da empresa e da Universidade do Vale do Taquari (Univates) após a publicação da medida e nenhuma irregularidade foi constatada.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL