Bolsonaro anuncia filiação ao PSL para disputar eleição em 2018

Oceane Deschanel
Janeiro 6, 2018

O Presidente Nacional do PSL, Luciano Bivar também falou para a Rádio Jornal sobre a filiação de Jair Bolsonaro ao partido.

'Dono' O cientista político Vitor Oliveir, do Pulso Público, afirmou que "a questão de Bolsonaro tem a ver com a forma de operação dos partidos políticos no Brasil".

Barroso criticou o anúncio de Bolsonaro. "Será que documentos, palavras e vídeos não valem nada?", ironizou o presidente do PEN.

O presidenciável deve levar com ele um grupo de parlamentares. De acordo com ele, o Deputado Federal já vinha conversando com o PSL e espera fazer uma grande parceria na corrida presidencial.

Primeiro PM morto no Rio em 2018
Agentes fazem operação na região de Mutuá para tentar localizar os envolvidos na morde do soldado, que tinha 38 anos. No ano passado, o estado do Rio teve mais de 130 policiais militares assassinados.

O Deputado ainda falou que conseguirá vence a causa das barreiras e que é um candidato diferente dos demais e que qualquer tema na mesa, ele tem uma posição distinta dos possíveis candidatos.

Se a condenação de Lula na Lava Jato for confirmada em segunda instância, o petista ficará inelegível, deixando o caminho aparentemente livre para Bolsonaro nas urnas. "Outrossim, é com muita honra que o deputado se sente abrigado pela legenda e muito à vontade em um partido onde existe total comunhão de pensamentos", diz a nota, distribuída por Bolsonaro e pelo presidente do PSL, Luciano Bivar. Ambos comungam também da necessidade de preservar as instituições, proteger o Estado de Direito em sua plenitude e defender os valores e princípios éticos e morais da família brasileira.

Barroso afirmou que o relacionamento dele com Bolsonaro teria sido "envenenado" pelo advogado e assessor do deputado Gustavo Bebianno - que, segundo Barroso, queria tomar o "partido inteiro para o grupo de Bolsonaro".

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL