Oprah Winfrey faz poderoso discurso sobre mulheres, racismo e assédio sexual

Patrice Gainsbourg
Janeiro 8, 2018

Atriz, produtora e apresentadora de tv, Oprah reiterou publicamente seu apoio ao movimento #MeToo, que abalou os alicerces de Hollywood depois que foi revelado o comportamento abusivo do magnata cinematográfico Harvey Weinstein.

Na cerimónia de atribuição dos Globos de Ouro, Oprah Winfrey pôs de pé o auditório, com um discurso contra "os homens poderosos e brutais" que dominaram o mundo.

"Em 1982, Sidney recebeu o Cecil B. DeMille aqui no Globo de Ouro, e eu tenho consciência de que neste momento há garotas assistindo eu me tornar a primeira mulher negra a receber esse mesmo prêmio", comparou. Actrizes e actores pisaram a passadeira vermelha vestidos de preto e com pins da organização Time's Up na lapela, mas quem declarou em voz alta o final do tempo de opressão sob o jugo dos "homens brutalmente poderosos" foi Oprah Winfrey. "O que sabemos com toda a certeza é que falar a nossa verdade é a ferramenta mais poderosa que todos temos", comenta.

E eu estou especialmente orgulhosa e inspirada por todas as mulheres que se sentiram fortes o suficiente e empoderadas o suficiente para falar e compartilhar suas histórias pessoais. "Durante muito tempo, as mulheres não foram ouvidas e não se acreditava nelas quando se atreviama contar a verdade sobre sses homens". Recy Taylor morreu dez dias atrás, próxima de seu 98º aniversário.

Alberto Fujimori ya disfruta del "indulto humanitario" otorgado
Desde donde la lideresa de Fuerza Popular , Keiko Fujimori , publicó una foto en Twitter con sus cuatro hermanos. En la imagen también aparece otro hijo del ex mandatario Kenji Fujimori , de acuerdo a información de Notimex.

Então hoje eu quero expressar gratidão por todas as mulheres que aguentaram anos de abuso e ataques porque elas, como minha mãe, tinham filhos para alimentar, contas para pagar e sonhos para perseguir. O tempo deles acabou! Os homens que tentaram destruí-la nunca foram processados.

E eu só espero - eu só espero que Recy Taylor tenha morrido sabendo que sua verdade, como a verdade de tantas outras mulheres que foram atormentadas naqueles anos, e até agora atormentadas, segue adiante. Uma das fontes diz mesmo que as conversações já duram há uns meses, mas salienta que esta ainda não tomou uma decisão. E está em todo homem - todo homem que escolhe ouvir. Dizer como vivenciamos vergonha, como amamos e como nos enfurecemos, como falhamos, como recuamos, perseveramos e como superamos.

"Eu entrevistei e retratei pessoas que testemunharam algumas das coisas mais horríveis que a vida pode atirar contra ti, mas a única qualidade que todas parecem ter em comum é a capacidade de manterem a esperança numa manhã mais clara mesmo durante as nossas noites mais sombrias. Por isso, quero que todas as meninas saibam neste momento que um novo dia está no horizonte". "E quando esse dia finalmente chegar, será graças a muitas mulheres magníficas, muitas das quais estão aqui neste salão agora, e a alguns homens fenomenais que estão lutando para garantir que elas se tornem as líderes que nos levarão ao tempo em que ninguém, nunca mais, precisará dizer 'eu também' de novo".

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL