Taxa de desemprego desce

Patrice Gainsbourg
Janeiro 8, 2018

Os dados são ainda provisórios e apenas daqui a um mês serão validados, mas se se confirmarem, Portugal terá fechado o penúltimo mês do ano com uma taxa de desemprego de 8,2%, sendo este o valor mais baixo desde o final de 2004.

Já no que diz respeito ao mês de outubro, o INE conclui que a taxa de desemprego foi de 8,4%, o que traduz uma revisão em baixa de 0,1 pontos percentuais face ao valor provisório que tinha sido inicialmente avançado.

A partir dos números que constam das séries longas do Banco de Portugal, elaboradas com uma metodologia diferente dos cálculos do INE e com base anual, é preciso recuar aos anos da segunda intervenção do Fundo Monetário Internacional (FMI) em Portugal para encontrar níveis idênticos. A população empregada cresceu 0,3% para cerca de 4,730 milhões de pessoas. Os dados revelados esta segunda-feira pelo Instituto Nacional de estatística indicam que em novembro estavam sem trabalho 424,2 mil pessoas. Portanto, em novembro constata-se nova melhoria, em 0,2 p.p.

Segundo o INE, a taxa de desemprego dos jovens (provisória) situou-se em 23,7%, contra os 24,6% observados no mês precedente e os 27% registados em novembro de 2016.

Progressistas realizam ato de nova filiações de Prefeitos do Piauí
Segundo dados do Ministério das Cidades, serão destinados R$ 24,12 milhões para obras de infraestrutura nos quatro municípios. Em seguida, Alexandre Baldy participa de evento de filiação de mais cinco prefeitos do Piauí ao Progressistas .

Em relação à população desempregada, o INE prevê que o número de pessoas à procura de emprego tenha diminuído entre as mulheres, os adultos e os jovens. Entre os homens o número de desempregados deverá ter ficado praticamente inalterado.

Na Espanha, 2017 registrou a menor taxa de desemprego dos últimos oito anos.

O desemprego continua a recuar e, em Outubro, atingiu 8,4% da população activa. Considerando os dados não ajustados deste efeito da sazonalidade, a taxa de desemprego situou-se em 8,5% em outubro, mantendo-se inalterada face ao mês anterior e também face a três meses antes. Um recuo quer em termos mensais (0,1 pontos percentuais), quer trimestrais (0,5 p.p.).

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL