Luís Amado e Mexia são os nomes propostos para liderar a EDP

Judith Bessette
Janeiro 9, 2018

Esta assembleia elegerá, ainda, os cinco membros do Conselho de Ambiente e Sustentabilidade: os nomes propostos são José Manuel Viegas para presidente, António Gomes de Pinho, Joana Pinto Balsemão, Joaquim Poças Martins e Pedro Oliveira para vogais.

"Considero que é o momento certo para me dedicar a projetos pessoais. Esta é uma decisão bem ponderada e há muito equacionada", afirma Nuno Alves numa declaração por escrito enviada ao Negócios, salientando que ao longo deste trajecto a administração atingiu os objectivos traçados para a EDP, "contribuindo para o crescimento e solidez do grupo".

António Mexia vai ser reconduzido na liderança da EDP. O gestor agradece também a "todos os acionistas e colaboradores da EDP".

Barcelona contrata Philippe Coutinho para a vaga de Neymar
De acordo com o clube catalão, os exames detectaram lesão muscular e o atleta precisará de três semanas para se recuperar. O Messi é um grande jogador e estou contente diante da chance de jogar ao seu lado.

Segundo um outro comunicado da empresa enviado na noite de segunda-feira à CMVM, António Mexia é o nome proposto para presidente do Conselho de Administração Executivo da EDP - Energias de Portugal.

Não está ainda definido quem irá ocupar o lugar de administrador financeiro da EDP a partir de abril, mas um dos nomes mais habilitados para a função será Rui Teixeira, que durante vários anos foi o administrador financeiro da EDP Renováveis, até transitar para a administração da EDP, na qual continuará no próximo triénio.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL