PT deve reafirmar candidatura de Lula após julgamento no TRF-4

Patrice Gainsbourg
Janeiro 9, 2018

O petista terá seu recurso julgado no Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4). "[A reunião da Executiva] vai confirmar que Lula é nosso candidato, independente da decisão do TRF-4", afirmou Padilha, em entrevista à rádio da Rede Brasil Atual. Mas o processo de Lula passou na frente do dela na fila do TRF-4, o tribunal de apelação de segunda instância em Porto Alegre. Se a sentença do juiz federal Sérgio Moro, que comanda os processos da Operação Lava Jato, for confirmada, o ex-presidente pode ser impedido de concorrer nas eleições de outubro.

Lula foi condenado pelo juiz Sérgio Moro a mais de seis anos de prisão por, segundo o magistrado, ser dono de um apartamento que teria sido utilizado como propina a ser paga ao ex-presidente. O PT e movimentos sociais marcaram uma série de atos pró-Lula e o principal deve acontecer na capital gaúcha um dia antes do julgamento, com uma caminhada e vigília.

Governo não vai renovar mandato da Procuradora-Geral da República
O governo não vai renovar o mandato de Joana Marques Vidal à frente da Procuradoria-Geral da República (PGR). Nos termos da Constituição, o mandato do Procurador-Geral da República tem a duração de seis anos.

Os militares consideraram o pedido feito pelo prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior (PSDB), de apoio durante o julgamento do ex-presidente Lula, no dia 24, uma "banalização" do uso das tropas.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL