Após deixar o Vasco, Anderson Martins acerta com São Paulo

Vincent De Villiers
Janeiro 10, 2018

Na tarde desta terça-feira (09) o desembargador José Carlos Varanda dos Santos, do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), indeferiu liminar ajuizada pelo atual presidente do Vasco da Gama, Eurico Miranda, que solicitava a suspensão da eleição para a presidência do clube até a definição em relação aos votos da urna 7. O contrato deve ser de três anos com o clube paulista. O dirigente que contratou o defensor também disse que os vencimentos de Anderson eram incompatíveis com a realidade do futebol brasileiro - algo no mínimo controverso já que foi o próprio Eurico quem repatriou o atleta. O jogador ainda fará exames antes do anúncio oficial do São Paulo.

Vídeo homofóbico resulta em processo para Ratinho
O apresentador Carlos Massa, o Ratinho , publicou na semana passada um vídeo criticando o "excesso" de gays nas novelas da Rede Globo.

A saída de Anderson Martins é uma péssima notícia para um Vasco que, em meio às indefinições envolvendo a eleição presidencial de 2017, encontra grandes dificuldades para iniciar de fato o seu 2018. Mas haverá uma cláusula caso ela vá para o Flamengo: se isso acontecer, o jogador terá que pagar R$ 10 milhões. Anderson Martins tornou-se profissional no Vitória. Mas Anderson Martins é um nome que agrada à comissão técnica, para ter mais opções no setor. Tem como principal título na carreira a Copa do Brasil de 2011, conquistada pelo clube de São Januário.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL