IGP-DI registra deflação de 0,42% em 2017

Judith Bessette
Janeiro 10, 2018

O IPC-S registrou variação de 0,33% na primeira semana de janeiro, resultado 0,21 ponto percentual (p.p.) superior ao divulgado na leitura anterior, quando ficou em 0,12%.

O Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) variou 0,74%, em dezembro, divulgou nesta terça-feira a Fundação Getulio Vargas (FGV). Em 2016, o IGP-DI registrou alta de 7,18%.

Na capital gaúcha, sete das oito classes de despesa componentes do índice apresentaram aceleração, entre as quais se destacam os grupos Habitação (de 0,78% para 1,40%) e Vestuário (de -0,24% para 0,15%).

Os preços dos produtos alimentares subiram 2,4%, em dezembro, face ao mesmo mês de 2016, uma décima abaixo do crescimento registado em novembro.

Pesquisa IBGE mostra recuperação do comércio em 2017
Também houve revisão, na série ajustada, do indicador referente ao mês de setembro, de +0,3% para +0,4%, informou o instituto. Considerando-se o peso na pesquisa, o principal destaque foi o avanço de 4,7% na vendas do varejo do Estado de São Paulo.

Os demais decréscimo, segundo apontou a pesquisa, ocorreram em Comunicação (de 0,40% para -0,07%) e Transportes (de 0,80% para 0,78%), com destaque para os itens mensalidade para TV por assinatura (de 3,87% para 0,45%) e gasolina (de 3,17% para 2,07%), respectivamente.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) registrou variação de 1,07%, em dezembro, enquanto o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) recuou para 0,21%, em dezembro, ante 0,36%, no mês anterior.

A elevação contaminou o preço da carne bovina, também no atacado, que passou de queda de 0,44% para alta de 2,04%. O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) subiu 0,07% em dezembro, após uma alta de 0,31% em novembro.

Rio de Janeiro - Com otimismo em relação à recuperação da atividade econômica no País, o Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) avançou.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL