Kodak anuncia criptomoeda própria e vê ações dispararem

Judith Bessette
Janeiro 10, 2018

O objetivo com a KashMiner é alugar as máquinas aos consumidores atreladas a planos de dois anos, com o pagamento adiantado de US$ 3,4 mil. Ele, então, recebe metade dos bitcoins gerados no período, o que, segundo a Kodak, seria o equivalente a US$ 375 por mês ou US$ 9 mil ao final do contrato. Em dezembro, a Long Island Iced Tea, uma pequena empresa de bebidas norte-americana, mudou seu nome para Long Blockchain e viu o valor das suas ações aumentarem em mais de 400%, do dia para a noite.

Ela foi criada como parte de uma iniciativa para ajudar fotógrafos a controlar seus direitos de image.

A KodakCoin é uma moeda virtual especificamente destinada a fotógrafos. "A plataforma KodakOne fornece um rastreamento contínuo da web para monitorar e proteger o IP das imagens registradas no sistema KodakOne, no qual o uso não licenciado de imagens é detectado". Assim, a ideia é evitar fraudes e roubo de material, além de incentivar o licenciamento e uso legítimo dos trabalhos. "Essas tecnologias darão à comunidade da fotografia uma maneira inovadora e fácil de resolver este problema", afirma o CEO da Kodak, Jeff Clarke. O lançamento da KODAKCoin marca também o que deve ser uma nova fase para a companhia, mas que chega baseada em ideais antigos: a democratização da fotografia, agora com foco nos profissionais, de forma simples e com utilização da tecnologia.

Em visita à China, Macron busca parceria para mudanças climáticas
O animal de 8 anos passou por rígidos controles sanitários e é um "símbolo da excelência francesa", afirma o Palácio do Eliseu. Durante a visita, Macron defendeu uma "cooperação equilibrada" entre ambos os países e uma abertura de ambas as partes.

Oprimeiro produto é uma moeda digital própria, a KodakCoin, destinada a fotógrafos.

A oferta inicial de moedas (ICO) será realizada no dia 31 de janeiro e está aberta para investidores do Estados Unidos, do Canadá, entre outros países. A expectativa, entretanto, é que tanto a rede de gerenciamento de direitos autorais quanto o criptodinheiro em si comecem a operar ainda neste ano.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL