Mulher sobrevive após ser jogada na frente de trem em SP

Patrice Gainsbourg
Janeiro 10, 2018

A mulher empurrada para os trilhos do Metrô de São Paulo disse ao G1 que sentiu os vagões do trem passarem por sobre seu corpo e que ainda não acredita como saiu viva do incidente. Após a queda da vítima, pode-se ver o desespero de um dos passageiros que presenciou o momento.

O usuário do metrô, Willian Jesus de Matos, de 28 anos, que estava presente ao local, disse que viu o exato instante em que a moça foi jogada, ele comentou que o homem estava próximo à vítima e sem nenhum motivo a empurrou para fora da plataforma.

A mulher foi levada para o Hospital Municipal Doutor Arthur Ribeiro de Saboya, na zona sul de São Paulo.

A mulher quebrou um braço e uma perna e não corre risco de morrer. O caso foi registrado na Delegacia Polícia Metropolitano na estação Palmeiras-Barra Funda na Linha 3-Vermelha, onde o acusado foi autuado por tentativa de homicídio.

Pokémon Go vai deixar de funcionar em iPhones e iPads antigos
Ela utiliza a realidade aumentada da Apple para permitir maior realidade por meio de senso de escala e percepção. Será necessário mudar para um aparelho suportado pelo game para continuar as aventuras como um treinador Pokémon.

A passageira, de 24 anos, esperava na plataforma quando Sebastião José da Silva a empurrou enquanto o trem se aproximava, diz a Polícia Civil.

Por conta do acidente, os trens do Metrô circularam com velocidade reduzida e maior tempo de parada nas plataformas entre 14h43 e 15h11 desta terça-feira.

"Gente, recado triste de um parente meu que trabalha no metrô".

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL