Sérgio Conceição diz que não queria ofender Rui Vitória

Rebecca Barbier
Janeiro 10, 2018

Na conferência de imprensa de antevisão à partida, ao final da manhã desta quarta-feira, o técnico portista admitiu que espera um "jogo difícil", até porque diz que as "condições do terreno de jogo" podem tornar o jogo mais difícil, e que "todos os jogos são diferentes, e têm a sua história".

"Nunca foi minha intenção ofender ninguém".

Sérgio Conceição e Jorge Jesus apontaram baterias a Rui Vitória este fim-de-semana, muito devido às palavras do técnico encarnado após o dérbi de 3 de janeiro, em que Benfica e Sporting empataram a um golo. O exemplo que dei foi menos feliz. "Lembro-me de nessa altura dizerem que estavam ali para falar do jogo, não de arbitragens", disse Sérgio Conceição. Não tentei chamar nada a ninguém, não é essa a minha forma de estar.

A guerra continua: A novela da Oi
Caso a assembleia rejeitasse o plano de recuperação, o futuro da operadora estaria ameaçado por um processo de falência. O objetivo é discutir o estatuto social da empresa, que o plano de recuperação judicial "viola", diz a Pharol.

Sérgio Conceição, treinador do Futebol Clube do Porto, garante que a sua equipa está preparada para o embate contra o Moreirense FC para os quartos-de-final da Taça de Portugal desta quinta-feira e que os azuis em brancos têm como "objetivo passar a eliminatória" e que vão "fazer tudo" para que isso aconteça.

O treinador do FC Porto revelou ainda que teve um momento menos feliz no exemplo dado. "Não tenho medo das palavras (.) Mas não fui feliz num exemplo que dei de um colega meu de profissão".

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL