Assaltantes roubam milhões em jóias no hotel Ritz de Paris

Patrice Gainsbourg
Janeiro 11, 2018

Esta quarta-feira, cinco homens armados com machados roubaram mais de quatro milhões de euros em jóias no hotel Ritz, em Paris.

"Parte dos objetos roubados foi encontrada espalhada durante a detenção de três dos cinco assaltantes", indicou a fonte citada pela AFP, sem poder especificar o valor recuperado.

Uma quantia de 4,5 milhões de euros, anunciada anteriormente, representa o valor total das joias nos mostruários.

Algumas das pessoas no local à hora em que o roubo teve lugar disseram que houve pelo menos 10 tiros disparados, com um hóspede a garantir que um funcionário do hotel ficou ferido no tiroteio.

Um dos dois ladrões também perdeu durante a fuga uma mochila contendo joias e relógios, acrescentou a mesma fonte.

Falha humana pode ter sido causa da morte de Teori Zavascki
Ele disse que todas as perícias indicam não ter havido sabotagem contra a aeronave. A linha principal da investigação é falha humana - disse o delegado responsável.

"Ao fugirem, as portas estavam bloqueadas", explicou a polícia. Os três ladrões passaram então os objetos roubados pela janela para os cúmplices, que fugiram, um deles de carro e outro de mota. A socialite americana Kim Kardashian perdeu milhões de dólares em joias durante um roubo armado em um apartamento de Paris em outubro de 2016.

A segurança do bairro foi reforçada em 2014 após uma série de assaltos brutais a joalherias de luxo no famoso bairro, onde também se encontra o ministério da Justiça.

Mas os três, todos com cerca de 30 anos, foram presos após serem bloqueados em um prédio, disse uma fonte próxima à investigação.

Em maio de 2017, foi na rua de la Paix, perto da Place Vendôme, que uma joalharia foi roubada por três homens armados com machados e uma pistola.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL