18 civis morrem em ataque da força aérea russa — Síria

Patrice Gainsbourg
Janeiro 13, 2018

Aviões militares russos e do governo sírio bombardearam no sábado a região de Ghouta Oriental, enclave da oposição síria nos arredores de Damasco, matando pelo menos 17 civis, entre os quais duas crianças e três mulheres, de acordo com a ONG Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Os ataques causaram ainda dezenas de feridos.

Em Misraba, localidade sob controlo do grupo Exército do Islão, registaram-se 15 feridos, entre eles vários menores e mulheres, num bombardeamento.

Puigdemont quer investidura por videoconferência
Referindo-se a Puigdemont como "um fugitivo", a líder do C's catalão gozou com a hipótese de um " presidente holograma". O líder catalão, de 52 anos, proclamou a independência da região após o resultado do referendo.

Desde 29 de dezembro, Ghouta Oriental é alvo de uma ofensiva das forças leais ao presidente sírio, Bashar al Assad, que enfrentam facções islamitas e rebeldes, entre elas o Organismo de Liberdade do Levante, a aliança do antigo braço da Al Qaeda.

O objetivo era tentar alcançar uma trégua duradoura na Síria, devastada, desde 2011, por uma guerra destruidora que matou mais de 340 mil pessoas.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL