Presidente do Corinthians descarta Scarpa e fala em Henrique 'resolvido'

Vincent De Villiers
Janeiro 13, 2018

Com uma série de derrotas na Justiça Trabalhista, o Fluminense ficou mais longe de um desfecho positivo na briga com Gustavo Scarpa e em sua luta para manter Henrique Dourado. "É um imbróglio jurídico, não sei como vai acabar e não gosto de me meter nisso", disse Roberto de Andrade, em entrevista ao Fox Sports. O Timão descartou o interesse no jogador por causa da batalha judicial dele com o Fluminense.

Há algumas semanas, Roberto de Andrade teve a mesma postura antes de anunciar a contratação de Júnior Dutra, do Avaí. Até porque virou uma questão jurídica e o Corinthians, na minha pessoa de presidente até 3 de fevereiro, não gosto de me colocar no meio de situações em que não sei como será o fim.

Ao contrário do que o técnico Abel Braga disse antes da partida entre Fluminense e PSV, o atacante Henrique Dourado deu declaração para qualquer torcedor do Fluminense ficar pessimista em relação à permanência do jogador.

Real Madrid quis pagar 250 milhões de euros por Messi
A reunião para acertar o negócio da transferência já estaria marcada e teria lugar a bordo de um avião , um jato particular. Tudo terá acontecido em junho de 2013 e foi agora revelado pelo Football Leaks através do jornal alemão 'Spiegel'.

O atleta foi titular em 30 partidas e marcou dois gols, na temporada passada, sendo seu ano estreante como profissional da equipe, agora o Corinthians já fechou negócio com o Vasco e o promissor jogador é do Timão. O Fluminense já deu a rescisão dele e estamos só esperando a papelada para formalizar.

"Cada um faz aquilo que tem direito, o que acha que vai ajudá-lo, mas eu tenho alguns pensamentos diferentes". Com multa rescisória na casa dos R$ 17 milhões, ele tentava baixar o valor para que o Corinthians exercesse sua vontade de contar com um dos artilheiros do Brasileiro, justamente para substituir o outro, Jô, negociado com o Nagoya Grampus-JAP.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL