Falso alerta de míssil balístico gerou pânico no Havai

Patrice Gainsbourg
Janeiro 14, 2018

O alerta foi enviado por engano às 8h locais para alguns celulares, com a mensagem: "Ameaça de míssil balístico em direção ao Havaí".

Apesar do susto, segundo o G1, a Agência de Gerenciamento de Emergências do Havaí esclareceu que tudo não passa de um alarme falso.

Segundo a imprensa local, houve princípio de pânico em lugares do estado no início da manhã, com relatos de moradores saindo rapidamente de casa. "CONFIRMEI COM FUNCIONÁRIOS", tuitou a deputada. A rede Hawaii News Now mostrou imagens de correria e relatou que comércios abertos chegaram a "expulsar pessoas enquanto fechavam às pressas".

O presidente Donald Trump foi alertado do episódio quando descansava em seu resort em Mar-a-Lago, na Flórida. "A mensagem foi enviada por erro", disse. "Nos escondemos imediatamente. Eu estava com meus filhos rezando".

Luana Piovani tieta Silvio Santos e apresentador reage: "Quem é você?"
A polêmica atriz gravou um vídeo do momento do encontro com o apresentador, que pareceu não reconhecê-la. Gravando o apresentador chegando no corredor, ela se anima: "Olha quem tá vindo, gente".

No entanto, o governador do Havai, David Ige, afirmou que quer mais explicações porque este tipo de incidentes não pode acontecer.

O clima de temor se deve à ameaça da Coreia do Norte, que voltou a se elevar com os testes de mísseis balísticos intercontinentais por parte do regime asiático.

Este episódio aconteceu numa altura de tensão entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte, por causa do programa nuclear desenvolvido por Pyongyang.

Autoridades do Havaí desmentiram neste sábado (13) um alerta enviado por engano sobre a chegada iminente de um míssil balístico ao arquipélago americano e o chamado aos cidadãos para se protegerem.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL