Vocalista do 'The Cranberries' morre 'de repente', aos 46 anos

Patrice Gainsbourg
Janeiro 15, 2018

O ano mal começou, e após um trágico 2017 para o mundo da música, a primeira morte inesperada já assola a todos: Dolores O'Riordan, vocalista do The Cranberries, foi encontrada morta em um hotel que se hospedava na cidade de Londres, na Inglaterra. Ela tinha transtorno bipolar. O corpo foi encontrado em Londres, onde o Cranberries participaria de uma gravação.

Nos anos de 1990, o grupo fez grande sucesso internacional com músicas como Zombie, sobre a guerra na Irlanda do Norte, Just My Imagination e Aninal Institct.

Ela deixa três filhos, Taylor Baxter, Molly Leigh e Dakota Rain, e o ex-marido, Don Burton.

Presidente da Turquia promete ataque enclave curdo na Síria 'nos próximos dias'
A Turquia considera que as milícias são uma extensão da guerrilha curda no país, o Partido dos Trabalhadores do Curdistão. A medida também aumentou a indignação da Turquia com o apoio americano às forças comandadas por curdos na Síria.

O disco mais recente com composições inéditas foi lançado em 2012. Os integrantes haviam ficado afastados por seis anos. "We are crushed to hear the news about the passing of Dolores O'Riordan. Nossos pensamentos vão para a família dela neste momento terrível". "Dolores ORiorden tinha uma voz tão extraordinária, tão distinta e definiu uma era". Nunca ouvi alguém usar seu instrumento daquela maneira.

"Dolores morreu subitamente em Londres, nessa segunda-feira". Só no Brasil, os músicos fizeram shows em 2009 e 2010, quando retomaram a banda, após sete anos. "Ela deveria ter continuado a ser um tesouro musical raro durante uma vida longa", escreveu a cantora.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL