Abatimento na bancada adia segunda parte do Estoril-FC Porto

Rebecca Barbier
Janeiro 16, 2018

O encontro da 18.ª jornada da Liga entre o Estoril Praia e o FC Porto foi interrompido ao intervalo, após a retirada de adeptos de uma das bancadas do Estádio António Coimbra da Mota, medida articulada entre responsáveis da Liga, Câmara Municipal de Cascais, Bombeiros e sociedade desportiva anfitriã, por a bancada ter problemas estruturais e ter aberto fissuras. Os adeptos aguardaram no relvado enquanto as autoridades decidiam o que fazer.

O incidente aconteceu durante o intervalo.

O Maisfutebol apurou que os adeptos foram evacuados por as autoridades temerem o ruir da bancada norte do estádio. Um adepto do FC Porto que fugiu para o relvado relatou à SportTV: "A bancada está toda a cair". O local, que fica no lado sul do estádio, foi inaugurado em 2014. "A seu tempo os adeptos que hoje se deslocaram para assistir ao jogo serão informados sobre como deverão ser ressarcidos pelos ingressos que adquiriram", escreveu o clube que recebia o FC Porto na sua casa.

Cristiano Ronaldo quer voltar para o Manchester United, diz jornal
Até um comunicado a respeito da decisão de sair do clube teria ocorrido junto aos companheiros blancos . Antes de se transferir para o Real , Ronaldo defendeu o Manchester United .

Os adeptos das duas equipas, começam a abandonar o estádio. Caso o jogo venha a ser adiado a segunda parte terá de ser realizada daqui a 30 horas.

No Facebook, Estoril Praia emitiu um comunicado.

Ao intervalo, o Estoril vencia por 1-0, com um golo de Eduardo Teixeira, apontado aos 17 minutos. E acrescenta: "Depois de reunidas as entidades do Estoril Praia, FC Porto, Liga Portugal e Forças de Segurança, entendeu-se não estarem reunidas as condições de segurança para que o jogo prossiga".

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL