Líder conservador britânico troca textos racistas sobre noiva de Harry

Patrice Gainsbourg
Janeiro 16, 2018

Harry e Markle anunciaram antes do Natal que se casarão no próximo dia 19 de maio na capela do castelo de Windsor.

O líder do eurocético Partido de Independência do Reino Unido (Ukip, em inglês) enfrentou no domingo pedidos de renúncia, após um jornal publicar mensagens racistas enviadas por sua namorada sobre Meghan Markle, a noiva do príncipe Harry.

O jornal britânico divulgou mensagens de Marney que mostram uma conversa da socialite com um amigo.

Está a ser preparada uma série inspirada em John Wick
As gravações de John Wick 3 devem começar entre junho e agosto desse ano já que o roteiro já foi finalizado. O franchise protagonizado por Keanu Reeves irá servir de inspiração para a nova série do canal Starz .

Jo Marney chegou a escrever que a atriz americana é uma "idiota", "estúpida pela igualdade de gêneros" e "obcecada por questões raciais".

Todos os casamentos envolvendo os herdeiros da Rainha Elizabeth II sempre foram cercados de polêmicas. Uma 'atriz' burra que ninguém nunca ouviu falar. De acordo com a imprensa britânica, a tendência é que Henry Bolton renuncie à liderança. "O elemento romântico da relação está acabado", disse Bolton, que procurou defender a ex-namorada, dizendo que as opiniões de Marney "foram feitas em mensagens pessoais diretas (.) e não acredito que correspondam aos seus reais valores".

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL