Presidente de TV mineira morre por febre amarela em Belo Horizonte

Patrice Gainsbourg
Janeiro 18, 2018

Compositor, produtor e instrumentista, Flávio Henrique tinha mais de 120 músicas gravadas.

A febre amarela é uma infecção viral grave, transmitida normalmente pelo mosquito do Aedes Aegypti.

O secretário de Estado de Cultura, Ângelo Oswaldo, lamentou a morte de Flávio Henrique. "Era um compositor extraordinário que se revelou um excelente gestor público", disse. Grande parte dos óbitos, 5, ocorreu em municípios da Grande Belo Horizonte, como Nova Lima, onde cinco pessoas foram mortas pela doença.

O último balanço da Secretaria de Estado de Saúde, divulgado nesta quarta-feira (17), informa 22 casos confirmados de febre amarela silvestre em Minas Gerais desde dezembro de 2017, sendo que 15 deles levaram os pacidentes à morte. Nota da Secretaria de Estado de Cultura: A música, a cultura e a comunicação de Minas Gerais amanheceram de luto nesta quinta-feira (18).

Filme de Han Solo vai mostrar como começou a amizade com Chewbacca
O filme Solo: Uma História Star Wars se junta a Rogue One na franquia paralela à saga de George Lucas. O diretor Ron Howard vem divulgando um pouco dos bastidores da produção em seu perfil no Twitter.

Os principais sintomas da febre amarela são febre alta, forte dor de cabeça, dor muscular, náuseas, vômitos, calafrios, icterícia, entre outros. "Comunicamos que o paciente Flávio Henrique Alves de Oliveira, internado na Rede Mater Dei de Saúde no dia 11 de janeiro de 2018, faleceu hoje dia 18 de janeiro de 2018, às 7h30, em decorrência de complicações de febre amarela", diz a nota publicada pelo hospital. "Seu sorriso, seu jeito carinhoso, sua dignidade e sua música ficam marcadas em nossa memória e em nossos corações", escreveu a pasta em um recado em que destaca que, em breve, informará detalhes sobre o velório e o enterro.

A Empresa Mineira de Comunicação foi criada no ano passado, quando passou a administrar a Rádio Inconfidência e a Rede Minas.

"Foi com muita tristeza que recebi a notícia do falecimento do Flávio Henrique Alves de Oliveira, presidente da Empresa Mineira de Comunicação. Todos nós sentimos profundamente a sua partida".

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL