Viçosa registra mais quatro casos suspeitos de febre amarela

Oceane Deschanel
Janeiro 18, 2018

Dos 12 resultados positivos para febre amarela confirmados no Estado, 11 deles resultaram em óbito.

A prefeitura de Viçosa comunica com pesar o falecimento de seu cidadão que estava internado no Hospital Eduardo Menezes, em Belo Horizonte, com diagnóstico suspeito de febre amarela.

O compositor Flávio Henrique está internado com febre amarela no Hospital Mater Dei, em Belo Horizonte.

Essas e outras ações desempenhadas no Estado desde a primeira notificação da doença, em janeiro de 2017, contribuíram para que Minas alcançasse a atual cobertura vacinal de 81%, índice superior ao registrado no mesmo período de 2016, que era de 47%.

Já chega a 15 o número de mortes confirmadas por febre amarela em Minas Gerais. Até o momento, apenas um morador de Brumadinho conseguiu se curar da doença. "É extremamente necessário intensificar a vacinação em todos os municípios, principalmente nas áreas rurais", afirma.

PGR não confirma novos sete arguidos no processo sobre Pedrógão Grande
Vão ser constituídos pelo menos mais sete arguidos no processo dos incêndios de Pedrógão Grande. A lista de arguidos conta então com nove nomes.

O Ministério da Saúde atualizou nesta terça-feira (16) as informações repassadas pelas secretarias estaduais de saúde sobre a situação da febre amarela no país.

Segundo o levantamento da FGV, a região sudeste do Brasil - onde estão localizados estes Estados e que concentra mais casos - não contou com número suficiente de doses de vacinas de rotina, já que para ser considerado alto o número de doses deveria atingir 80% da população, de acordo com a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Doses disponíveis - Atualmente, o Estado está abastecido com mais de um milhão de doses da vacina, que já faz parte do Calendário Nacional de Vacinação. A vacina deve ser tomada pelo menos 10 dias antes da viagem. Outros sete pacientes mineiros foram internados e tiveram o diagnóstico da doença confirmado.

"Temos um grande trabalho pela frente para alcançarmos a cobertura ideal de 95% de pessoas vacinadas". Em Belo Horizonte, 152 unidades de saúde funcionarão em regime de plantão neste sábado (20) entre 8h e 17h. Ele está no Centro de Terapia Intensiva (CTI) com quadro clínico grave, segundo o hospital. A PBH informou que fez vistorias para a retirada de focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da forma urbana da doença, próximo à residência dele.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL