Europa enfrenta caos gerado por tempestade que matou sete pessoas

Patrice Gainsbourg
Janeiro 19, 2018

Ao menos três pessoas morreram por quedas de árvores ou escombros de construções. Os demais feridos, com vários graus de intensidade, são todos crianças.

Segundo informou a polícia, o acidente com o autocarro escolar aconteceu na região de Brabante, no sul da Holanda, quando o motorista perdeu o controlo do veículo e chocou contra uma árvore devido às más condições meteorológicas. - A tempestade Friederike, com ventos de até 115 km/h que atravessam o centro da Alemanha e fortes nevascas, obrigou as autoridades a suspenderem o tráfego de trens no estado federado da Renânia do Norte-Vestefália, no oeste do país, informou nesta quinta-feira a rede de ferrovias alemãs, que recomendou aos passageiros que se informem sobre os possíveis atrasos em outras regiões do país. O instituto de meteorologia holandês atribuiu a grande parte do país o código vermelho, o alerta mais elevado.

"Devido às condições atmosféricas nos Países Baixos, foram cancelados hoje, no aeroporto de Lisboa, dois voos Lisboa/Amesterdão e vice-versa (um TAP e um KLM)". Os ventos fortes na ordem dos 140 quilómetros por hora derrubaram árvores, causaram acidentes de viação e obrigaram ao cancelamento de centenas de voos.

El dato del Clásico que indignará todavía más a los madridistas
Valverde , en tanto, destacó la actuación del arquero alemán Marc André Ter Stegen, una de las figuras del clásico . Un minuto después el argentino Lionel Messi fue el encargado de sentenciar el 2-0 desde los doce pasos.

A imprensa holandesa noticiou que esta é a tempestade mais forte desde 1990. A principal causa responsável pelos óbitos foi a queda de árvores na Alemanha, que teve quatro mortes, e na Holanda, com duas mortes - na Bélgica foi registrado um óbito.

Ainda na Bélgica, a intempérie fechou o porto de Ghent e a circulação de trens foi interrompida em várias partes de Bruxelas, onde parques públicos foram fechados. Além disso, o mau tempo interrompeu as operações no Aeroporto Schiphol, em Amsterdã, e os serviços ferroviários por todo o país.

A mulher morreu quando uma árvore caiu em cima do veículo que conduzia nos subúrbios a sul da capital belga, Bruxelas, segundo os 'media' belgas.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL