Brexit: Parlamento britânico aprovou lei do governo para saída da União Europeia

Patrice Gainsbourg
Janeiro 20, 2018

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, ponderou nesta terça-feira (16) sobre o novo debate britânico acerca da realização de um segundo referendo do Brexit, dizendo que os britânicos seriam bem-vindos a mudar de ideia e permanecer na União Europeia.

Se aprovado, o projeto de lei seguirá para a Câmara dos Lordes, pró-europeia e, portanto, inclinada a submetê-lo a uma análise mais profunda.

O projecto de lei, que revoga a lei de adesão do Reino Unido à Comunidade Europeia, em 1973, e transfere as normas europeias para o Direito britânico, recebeu 324 votos favoráveis e 295 contra. Em 23 de junho de 2016, foi realizado um referendo sobre a presença do Reino Unido na UE, com 52% de votos a favor da saída e 48% contra.

Homem morre atropelado numa pedreira em Penafiel
Um homem, de 68 anos, morreu esta sexta-feira num acidente de trabalho numa pedreira de Penafiel. O acidente aconteceu por volta das 10h30 da manhã desta quarta-feira no interior da pedreira.

"Precisamos de maior clareza sobre a visão do Reino Unido e só quando a tivermos é que os líderes dos 27 se vão reunir para decidir sobre como a UE vê as futuras relações", acrescentou, lembrando que "o trabalho mais difícil ainda está por fazer". Os políticos afirmam ainda que, se o Brexit não for satisfatório para os jovens, não será sustentável.

Esta eventualidade foi excluída pela primeira-ministra conservadora, Theresa May. Theresa May já sinalizou que não haverá um segundo referendo.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL