Chances de que Lula vá a Porto Alegre são "muito grandes"

Patrice Gainsbourg
Janeiro 21, 2018

"É natural que diante da grande repercussão o julgador encaminhe logo o processo, que certamente terá desdobramentos nas eleições deste ano", frisa. Dessa forma, ele ficaria de fora da disputa presidencial.

O julgamento envolve o caso do triplex do Guarujá e será transmitido ao vivo pelo canal do TRF-4 no YouTube. Claro, com o respaldo da mídia comercial, as palavras, repetidas inúmeras vezes, objetivam que virem verdades absolutas e, na prática, chancelem o veredicto final, que já parece apontar pela confirmação da sentença de condenação proferida pelo juiz Sérgio Moro, não se excluindo também a possibilidade de os desembargadores decidirem até aumentar a pena para acima dos nove anos e meio.

Resta aguardar o veredicto da instância judicial em Porto Alegre. "Aconteça o que acontecer no TRF-4, isso é um dado neutro para a Justiça Eleitoral porque ela entra em campo só em meados de agosto", disse o advogado Pereira, que apresentou esses argumentos na última reunião do diretório nacional do partido, em dezembro passado.

O juiz federal Marcelo Bretas, responsável pelos processos da Lava-Jato no Rio, criticou no twitter o senador petista, classificando sua declaração de conclamação "de grupos de pessoas para atos de violência".

Nove mortos em ofensiva turca contra região controlada pelos curdos — Síria
A Força Aérea da Turquia deu início aos ataques das posições curdas na cidade síria de Afrin neste sábado (20). A perspectiva de uma ofensiva turca em grande escala na Síria é considera preocupante em Washington.

Em outras palavras: o acusado pode ser condenado inclusive quando não há evidência contra si, mas exista a convicção de sua índole criminosa.

Dirigentes do PT gaúcho querem levar Lula a Porto Alegre para que ele participe de um ato por sua absolvição na terça, dia 23, véspera do julgamento pelo TRF-4.

De qualquer forma, a maioria das análises prévias apontam que o mais provável é o cenário de ratificação da condenação ao homem que foi chefe de Estado brasileiro por dois períodos consecutivos, entre 2003 e 2010. "Alguns juízes pensam em suas biografias e em como serão lembrados pela história se assinam uma condenação sem provas". Depois disso, o candidato pode recorrer ao STJ e ao STF e, dependendo do ritmo dos processos, Lula pode conseguir chegar ao dia 20 de setembro em condições de registrar seu nome na urna eletrônica.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL