Palmeiras bate o Botafogo em Ribeirão Preto e fecha rodada com 100%

Patrice Gainsbourg
Janeiro 22, 2018

O resultado no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, deu a liderança do Grupo C para o time de Roger Machado, que fechou a 2ª rodada do Paulistão Itaipava com seis pontos e 100% de aproveitamento. O Botafogo acumula a segunda derrota, na lanterna do Grupo D, e, por ora, na zona do rebaixamento. Em um primeiro tempo mais lento, o Verdão apresentou muitas dificuldades. Na quarta, o Botafogo tenta a primeira vitória contra o Novorizontino, às 19h30, novamente diante da sua torcida no estádio Santa Cruz.

Na próxima rodada, o Palmeiras recebe o Red Bull Brasil, nesta quinta-feira, às 21 horas, no estádio Allianz Parque, em São Paulo. É verdade que o forte calor na cidade de Ribeirão Preto, aliado ao início de temporada e ao preparo físico fora do ideal dos jogadores, contribuíram para o jogo sonolento. Foram os dois únicos chutes a gol do Verdão na primeira etapa. Diego, Dodô e Bruno Moraes tiveram boas oportunidades para o Botafogo-SP, mas apenas em uma delas Jailson teve de trabalhar. Willian dominou na entrada da área, arriscou de longe e Thiago Cardoso espalmou. O técnico Léo Condé bem que tentou, fez as três alterações no time e trocou seus dois atacantes, mas o time de Ribeirão Preto permaneceu inerte, respeitou demais o adversário, teve medo de levar mais gols e não levou perigo a Jailson.

Da mesma forma como aconteceu no início do jogo, o Palmeiras começou o segundo tempo com muito mais intensidade. Aos 8 minutos, em uma saída errada da defesa do Botafogo, Willian entrou na área pela direita e cruzou rasteiro para Borja rolar para o gol. O Palmeiras passou a cadenciar o jogo com a bola no pé e o Botafogo não foi ao ataque como se esperava.

Maior hotel de Cabul atacado por rebeldes armados
Segundo informações da agência TOLOnews, um intenso tiroteio ocorreu na região em torno do hotel. Nenhum grupo assumiu responsabilidade pelo ataque.

Caso Condé opte por uma formação mais defensiva o time pode assim ser escalado: Tiago Cardoso; Diego Tavares, Plínio, Naylhor e Peri; Willian Oliveira, Diones, Serginho e Danielzinho; Lelê e Bruno Moraes.

Na sequência, o meia foi substituído pelo volante Bruno Henrique. Com 15 minutos, Borja deixou com Willian pela direita e o atacante soltou a bomba contra Tiago, que encaixou.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL