Apple vai deixar de produzir iPhone X já este Verão

Judith Bessette
Janeiro 23, 2018

Em 2017, tivemos lançamentos atípicos pois saíram não apenas os iPhones 8/8 Plus, sucessores diretos dos iPhones 7/7 Plus, mas também o iPhone X - que chegou ocupando um novo patamar de preços na linha. O relato foi divulgado nesta segunda-feira (22) no site TechTimes, por meio de Ming-Chi Kuo, analista da KGI Securities, consultoria de mercado que costuma antecipar informações da empresa.

Segundo ele, as vendas do iPhone X estão abaixo do previsto pela Apple e indica uma situação inversa aos relatos de que lojas nos Estados Unidos não estariam conseguindo atender à alta demanda dos usuários pelo celular semanas depois de seu lançamento. Isso preocupa a Apple, uma vez que a China sempre foi um dos principais mercados para a empresa.

Oficial: Inter de Milão acerta empréstimo de Rafinha
Cambiasso não escondeu o desapontamento pelos nerazzurri não terem capacidade para assegurar futebolistas de outro nível. Rafinha , irmão de Thiago Alcântara, é reforço do Inter Milão, por empréstimo.

O iPhone X foi a carta na manga da Apple: não pela "inovação", mas sim para barreira de preço.

Os motivos que estão na base desta decisão estão relacionados, sobretudo, com as baixas vendas do modelo em questão, sendo que grande parte dos consumidores continua a olhar para o iPhone 8 Plus - que é uma "máquina" exatamente igual ao iPhone X, só o design exterior é que muda - como a escolha mais óbvia. Primeiro, ele já cita há um certo tempo que a Apple pretende lançar não só um "iPhone X Plus" (provavelmente com uma tela de 6,46 polegadas), mas também um novo modelo com tela LCD de 6,1 polegadas e Face ID. Era um produto que melhor se adequava ao mercado e às metas de fabrico que a Apple tinha no momento.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL