Coreia do Norte enviará 22 atletas para Olimpíada no Sul, anuncia COI

Patrice Gainsbourg
Janeiro 23, 2018

Um forte dispositivo de segurança está a dominar a visita de uma delegação norte-coreana à Coreia do Sul, destinada a preparar a participação do Norte nos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang, em fevereiro.

A Coreia do Sul saudou este domingo a decisão do Comité Olímpico Internacional (COI) sobre a participação de 22 atletas norte-coreanos nos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeogChang. Hoje, a delegação de sete membros deverá visitar diferentes auditórios de Seul, capital sul-coreana, antes de regressar à Coreia do Norte.

Hyong Song-Wol, a quem foi atribuído um noivado com o líder norte-coreano Kim Jong-un, seria a primeira personalidade do Norte a viajar para o Sul em quatro anos. Haverá atletas da Coreia do Norte também na patinação artística no gelo, patinação de velocidade, esqui alpino e esqui cross-country.

Taça da Liga: Oliveirense surpreende, V. Setúbal elimina Benfica e Braga
O Sporting perdeu grande chance de aumentar sua vantagem na liderança do Campeonato Português. O Sporting joga sexta-feira em Setúbal com o Vitória local.

A delegação de Pyongyang que estará nos Jogos Olímpicos de Inverno PyeongChang 2018, vai integrar ainda 24 treinadores e representantes oficiais. Nenhum norte-coreano se classificou para Sochi 2014.

A viagem desta comitiva de cidadãos norte-coreanos, a primeira ao Sul desde a chegada ao poder do Presidente, Moon Jae-in, em maio passado, ocorre na sequência de acordos alcançados entre os dois países após reuniões de alto nível realizadas no início do mês. O acordo entre Pyongyang e Seul, que estão tecnicamente em guerra há mais de 65 anos, para as Olimpíadas de Inverno foi possível depois de o líder norte-coreano, Kim Jong-un, ter levantado a possibilidade, durante a sua mensagem de Ano Novo, de a Coreia do Norte enviar uma delegação à competição.

Com base nestes acordos, uma delegação sul-coreana visitará a partir de terça-feira o Monte Kumgang, na Coreia do Norte, e a estação de esqui de Masikryong, onde está previsto que se realizem iniciativas culturais e treinos desportivos conjuntos.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL