Criança de 11 anos tem espeto de churrasco cravado no peito

Patrice Gainsbourg
Janeiro 23, 2018

Um menino de 10 anos sobreviveu mesmo depois de ter o coração atravessado por um espeto na cidade de Toritama, em Pernambuco. Uma médica disse ao site que em casos assim, o paciente chega em estado gravíssimo, ou então, nem chega.

Déficit na Previdência Social atingiu R$ 268,79 bilhões em 2017
Na Lei de Diretrizes Orçamentárias, a expectativa é de rombo de 192,842 bilhões de reais no RGPS em 2018. Ou seja, há poucos trabalhadores para sustentar a aposentadoria dos brasileiros.

A equipe médica do Hospital de Restauração do Recife, onde o garoto passou por cirurgia, classificou a sobrevivência dele como um milagre. Isso é uma situação muito rara. Ela explica que o próprio espeto serviu para evitar que o garoto sangrasse. O menino está internado desde o acidente, que aconteceu na última quinta-feira (18). "A gente desconfiou que tinha uma lesão cardíaca ou o espeto estava muito próximo do coração". Ela explicou que o fato de ninguém ter tentado retirar o espeto foi fundamental, pois caso isso tivesse acontecido ele teria morrido. O objeto funcionou como uma compressão. Qualquer movimento de retirada poderia ter causado um grave sangramento, levando o menino a óbito. Ele e a família estavam muito tranquilos. "Os primeiros socorros, feitos pela equipe do Hospital Nossa Senhora de Fátima [em Toritama], foram muito importantes também", comentou a cirurgiã vascular Claudia Albuquerque. "Fomos cauterizando o ferimento à medida que retirávamos o espeto". Após por passar por cirurgia, ele seguiu para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e agora está na enfermaria em observação sem risco de morte. "Ele fez exames para avaliar o coração. A previsão é de uma alta precoce".

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL