Praças financeiras asiáticas recuam após maior queda no Dow Jones desde 2011

Judith Bessette
Fevereiro 9, 2018

Índice registra maior perda diária em pontos já registrada e zera ganhos acumulados neste ano.

Embora a segunda-feira tenha sido problemática, esta terça já aponta para certa recuperação de Wall Street, uma vez que durante o apagão europeu os índices Dow Jones e S&P 500 subiram, respectivamente, 0,6% e 1,3%. Na China, a bolsa de Xangai, principal praça financeira da China, fechou a cair 3,35%, para 3.370,65 pontos.

O Dow Jones chegou a estar a perder 1,600 pontos, mas ainda recuperou ao longo da sessão e fechou a cair 1.175 pontos, ou seja, 4,6%.

A Bandai Namco está a desenvolver Metroid Prime 4
Entre os funcionários do estúdio estão ex-colaboradores da LucasArts Singapore, que trabalharam no cancelado Star Wars 1313 . Metroid Prime 4 foi anunciado na E3 2017, mas a Nintendo não partilhou mais informações sobre o projecto.

O principal índice da Bolsa portuguesa, o PSI20, fechou esta quarta-feira a ganhar 2,16 por cento, em linha com as principais praças europeias. A queda percentual de 4,6% é a maior registrada desde agosto de 2011. O iene, que é visto como um ativo seguro em tempos de incerteza, também se fortaleceu no tombo das bolsas segunda-feira, quando o Dow Jones teve a pior queda em pontos da história.

Analistas disseram que os desempenhos negativos respondem a uma correção após os avanços registrados nas últimas semanas. No entanto, os especialistas insistem que não há risco de uma recessão, já que cerca de 80% das companhias incluídas no S&P 500 que informaram seus resultados trimestrais nos últimos dias obtiveram lucros que superaram as expectativas do mercado. Os maiores prejuízos foram de American Express (-5,61%), Intel (-5,42%), Caterpillar (-5,41%), Home Depot (-5,27%), General Electric (-5,18%), Microsoft (-5,13%) e Travelers (-5,03%). Fechou em alta o de bens de consumo cíclico (0,15%). Em Londres, a queda foi de 1,49%.

O índice australiano S&P ASX 200 caiu 3,2%, para 5.833,30.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL