O único que pode sair até ao final da época é o treinador

Patrice Gainsbourg
Fevereiro 10, 2018

Só os grandes clubes e as grandes equipas é que estão nesta situação.

"Estamos a lutar pelos nossos objetivos e é motivante estar a jogar de 3 em 3 dias". As equipas têm característcas diferentes e criam problemas diferentes. Nós olhamos para a equipa do GD Chaves e conseguimos identificar ser uma equipa que é trabalhada pelo Luís Castro. É uma equipa equilibrada, consistente. É um clube que eu particularmente aprecio, os clubes do interior, interior norte, onde as gentes são muito apaixonadas pelo clube e pelo futebol. Como jogador, lembro-me de ir jogar pelo Felgueiras em Chaves e era sempre muito difícil.

Para o treinador "é sempre bom estar em todas as competições".

"O nosso principal objectivo é o campeonato, o foco é o próximo jogo".

Crítica: Cinquenta Tons de Liberdade, de James Foley
O golpe final vem com Cinquenta tons de liberdade , filme que estreia neste fim de semana nas telas da cidade. Jamie Dornan , de 35 anos, alavancou a carreira ao interpretar o bonitão Christian Grey em 50 Tons de Cinza .

Sem apontar ainda baterias à partida de quarta-feira com o Liverpool, o técnico portista salientou a necessidade de manter o foco na Liga portuguesa, o "principal objetivo" da temporada: "O jogo mais importante é este [em Chaves]. Ninguém prepara dois jogos ao mesmo tempo, pois corre o risco de não ganhar nem um nem outro", garantiu. "Estamos comprometidos com o jogo de amanhã".

O treinador do FC Porto falou sobre a possibilidade de André André sair brevemente, atendendo às conversações com os Los Angeles FC, e fechou a porta ao médio dos azuis e brancos, com boa disposição à mistura. E há uma terceira, que é o FC Porto. "Estamos na frente e queremos manter o primeiro lugar", disse. Está a ser um campeonato extremamente competitivo. "Sei que não posso contar com os jogadores que estiveram em dúvida". Estas pequenas lesões melhoram muito de um dia para outro. "As baixas que estão no boletim clinico não estão disponíveis para amanhã", assegurou, admitindo que em caso de alguma alteração no onze, as mesmas estarã relacionadas com o momento físico dos jogadores e não com o embate da Liga dos Campeões. Estou aqui para arranjar soluções.

Clássico: "Foi importante no sentido de chegarmos a meio de uma eliminatória e estarmos a vencer. Este resultado não terá expressão se não passarmos à final do Jamor". É certo que foi contra o Sporting, mas não ficamos nem mais ou menos eufóricos que em outros jogos.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL