Queda de avião russo perto de Moscovo mata 71 pessoas

Patrice Gainsbourg
Fevereiro 11, 2018

Segundo as agências russas, seguiam a bordo 65 passageiros e seis tripulantes. Testemunhas do povoado de Argunovo relataram ter visto um avião em chamas cair.

A aeronave tinha descolado há poucos minutos do aeroporto Domodedovo, na capital russa, e dirigia-se para Orsk, quando desapareceu dos radares e se perderam as comunicações.

Uma fonte do Ministério das Situações de Urgência indicou que os destroços da aeronave se espalharam por cerca de um quilômetro.

Sete brigadas de resgate já se encontram no local do acidente.Sites de notícias locais informam que o governo russo teria aberto uma investigação criminal sobre o acidente.

"O brasileiro está cansado das ineficiências do Estado", diz Carmen Lúcia
A nova unidade tem capacidade para 300 vagas e envolveu recursos na ordem de R$ R$ 19 milhões. A ministra Cármen Lúcia elogiou as medidas adotadas pelo sistema penitenciário do Estado.

Um avião birreator que levava 71 pessoas a bordo caiu neste domingo nos arredores de Moscou. A TV estatal russa Rossiya-24 mostrou imagens de fragmentos do avião em um campo coberto de neve. Uma equipe realiza trabalhos no local. "Há muitos corpos e pedaços de corpos", declarou uma fonte à Interfax.

O presidente russo, Vladimir Putin, ordenou a criação de uma comissão para investigar o acidente, segundo a agência Tass.

A Saratov Airlines usa principalmente aviões Antonov ou Yakovlev.

Os acidentes aéreos são frequentes na Rússia. Entre as vítimas estavam mais de 60 membros do Exército Vermelho.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL