Entenda por que a nova brincadeira do Facebook pode ser perigosa

Eloi Lecerf
Fevereiro 21, 2018

Que sua foto pode ser usada em testes como este no futuro sem pedir a sua permissão. O que pouca gente sabe, ou não prestam atenção na hora de aceitar os termos, é que esse tipo de site se apropria de muitas informações a repeito do internauta, como data de nascimento, origem, onde mora, fotos que tirou e que foi marcado, lugares que visitou, entre outros.

Se você é uma das pessoas que concedeu acesso a seus dados do Facebook a algum site, calma, você ainda pode amenizar esta situação.

Isso significa que o site pode utilizar suas informações pessoais para fins comerciais, principalmente propagandas que aparecem em páginas que você visita. Antes de fazer o teste você se preocupa em ler as Políticas de Privacidade do site? Se esse não é um problema para impedir a leitura do conteúdo, você irá notar que, em determinado momento do documento, eles avisam que "poderem coletar informações como o seu nome, foto de perfil, sua login único, fotos, lista de amigos, contatos como email e endereço, etc".

O acordo prevê que a empresa partilhe essas informações com outras empresas em ofertas publicitárias.

Fique atento: inscrições para o Fies 2018 começam hoje
O mesmo critério será utilizado para o estudante que perder o emprego e para quem desistir do curso financiado pelo Fies . Para atender a essa parcela de candidatos, o Novo Fies terá recursos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento.

Sucesso que lotou os feeds das pessoas no Facebook nos últimos dias, o teste do Kueez, que transforma o rosto das pessoas no gênero oposto, deve ser encarado com muito cuidado por parte das pessoas. O site tem mais de 2,4 milhões de curtidas.

Conforme destacado pelo Olhar Digital, são algumas medidas que, caso fossem apresentadas de forma mais clara ao usuário, talvez o desestimulassem a não participar da brincadeira.

De qualquer forma, há uma solução. No link, é possível remover as permissões já concedidas a todos os apps que você já usou na rede social.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL