Google fecha acordo com Getty Images para combater a pirataria de imagens

Eloi Lecerf
Fevereiro 21, 2018

Como parte do acordo entre a Google e o banco de imagens Getty Images, o buscador removeu o botão "Ver Imagem" da sua busca por fotos. Esta funcionalidade era particularmente útil para quem andava à procura de imagens para usar noutros lados. Esta opção ajudava os utilizadores que estavam a procurar imagens que precisavam de guardar para sua utilização pessoal.

Google e Getty Images se estranham há tempos, desde que a primeira introduziu em 2013 um recurso para a exibição de imagens em seu motor de busca em altíssima resolução, permitindo que os usuários baixem fotos facilmente e sem pagar direitos autorais aos fotógrafos ou a repositórios.

Reprodução

A intenção é impedir os utilizadores de gravar as imagens nos sues dispositivos ou fazer com que os utilizadores tenham de passar pelos sites onde estão alojadas que depois podem mostrar publicidade para ganhar algum dinheiro. Com isto, o utilizador ainda possui acesso ao botão para aceder ao site onde a imagem se encontra, mas não ao link de acesso direto à imagem completa, dificultando assim o roubo da mesma. A remoção da opção para isolar uma imagem com um click é uma opção no sentido de dar resposta a estas reclamações. "Ter um único botão que leva as pessoas a informações sobre a imagem [dentro do seu contexto] é bom para usuários, editores da web e detentores de direitos autorais", afirma o Google em seu comunicado.

Além disso, o Google também removeu o botão de "procurar por imagem" da barra de buscas - a função, porém, não foi removida da plataforma, uma vez que ainda é possível arrastar uma imagem até o navegador para executar uma pesquisa.

Ruben Semedo fica detido até ser presente a juiz
A lei espanhola estipula que um suspeito detido terá de ser ouvido por um juiz até no máximo 72 horas após a sua prisão. Tudo isto por alturas de 12 de Fevereiro, dia em que a vítima em causa apresentou queixa formal junto da Guardia Civil.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL